Querendo ver outros blogs meus consultar a Teia dos meus blogs

segunda-feira, 12 de fevereiro de 2007

Coroação e casamento real

  • Em 1 de Janeiro de 1707, realizou-se o levantamento e juramento de D. João Francisco António José Bento Bernardo, como 24º rei de Portugal, com o título de D.João V, o Magnânimo, o Rei-Sol Português, ou ainda num epíteto muito mais irreverente como o Freirático, pela sua obsessão sexual por freiras, como se anotará mais adiante.
  • Quando subiu ao trono o reino estava em guerra contra a Espanha e a França, em resultado da liga, que seu pai havia feito com o Imperador da Alemanha, Inglaterra e a Holanda pela sucessão do trono espanhol, por apoio ao arquiduque Carlos.
  • Na sequência de acordo já feito por seu pai, iniciaram-se logo em Dezembro de 1708, os festejos do seu casamento com D.Maria Ana da Áustria
  • Grande sumptuosidade nas festas do casamento, durante vários dias, mesmo com as dificuldades financeiras provocadas pela guerra (bem nossa esta característica). O povo esse como habitualmente regressaria "aos feijões e ao bacalhau", como quem diz que depois da ostentação real o povo voltaria ao seu pobre quotidiano.
Relato da chegada da Rainha e do casamento real retirado do Portal da História

Na viagem para Portugal tocou em diversos portos, realizando-se sempre pomposas festas, até que em 26 de Outubro chegou a Lisboa, onde teve uma imponentíssima recepção. No paço da Ribeira houve serenatas e músicas. No Terreiro do Paço queimaram-se fogos de artifício, e armou-se um anfiteatro, onde em três tardes sucessivas se realizaram corridas de touros. No dia 22 de Dezembro, seguidas dum pomposo cortejo, foram as pessoas reais e toda a corte à Sé, onde se cantou um solene Te -Deum.

No Anno Histórico do Padre Francisco de Santa Maria, vol. II, pág 334 e seguintes, vêem minuciosamente descritas as esplêndidas festas, os deslumbrantes cortejos e cerimónias, que se realizaram em Viena de Áustria e em Lisboa, assim como a descrição do dote da rainha. do contrato do casamento, e de muitas ofertas feitas pelo imperador da Áustria às pessoas que compunham a embaixada portuguesa

3 comentários:

peficaro disse...

Pergunto-me, meu caro, se vislumbrou o tal livro "Anno Histórico" do Padre Francisco de Santa Maria, tenho imensa curiosidade acerca.

Deixe-me congratula-lo plo blog (alias pelos blogs) tenho fascinaçao por D.João V

Luís Maia disse...

Não sei exactamente onde se encontra o livro mas

no livro Bibliografia histórica Portgueza de José Ficaniere, efectuou uma catalogação dos autores que escreveram sobre os acontecimentos históricos da época referindo-se ao padre desta maneira

P. FRANCISCO DE SANTA MARIA, chronista da Congregação
de S. João Evangelista, natural de Lisboa. E. Anno
Historico. Diario Portuguez. Noticia abbreviada de pessoas
grandes, e cousas notaveis de Portugal. Tom. t. Lisboa, na
Officina de José Lopes Ferreira. 17J4- foi. e pela segunda
vez com o Tom. 2. e 3. ibi, na Officina de Domingos Gonçalves.
1744. foi. Veja-se tambem: Anna Historico, Diario
Portuguez defendido e vindicado em 1746, em um Prologo
Anti-Critico , Esta obra, composta pelo editor da primeira^ o
P. Lourencp Justiniano da Annunciação, foi clandestinamente
impressa em S. Bento de Xahregas.

encontra-se esse livro na Bilioteca Nacional , mas não sei se esta digitalizado mas sei que se pode consultar.

Pode informar-se melhor no site da BN.

Agradeço os seus comentários ao mesmo tempo que lhe digo estar aberto a todo o tipo de colaboração interessada. Repare que como eu digo em sub-titulo aqui é para ser tratado tudo o que de interessante se passou no domínio cultural no período do seu reinado, não precisando de se referir apenas a Portugal.

Um abraço

PedroRodrigues disse...

Caro Luis,
Agradeço-lhe a resposta e o esforço.
E por esforço, fiquei fascinado com pela ideia de fazer destes blogues verdadeiros compêndios da vida dos nossos reis!
Acredite que foi atraves de si que desfiz uma duvida que mantinha ha muito tempo que era se D.Maria Ana gostava ou não de montar/caçar!
Quanto ao livro o site da BN nada diz (ou entao nao encontrei, sempre fui um asno em encontrar coisas online...)
Quanto a ajuda, bom, deixo-lhe um link duma pinturinha que fiz em tempos d'el Rei D.João V inspirado nos retratos de Louis XIV feito por Rigaud em 1710 ou 1715:

http://bp0.blogger.com/_CR-8ulVHuf0/R0WN9sSTjhI/AAAAAAAAAD0/4DW65sYZHkU/s1600-h/D.+João+V.jpg

Espero que aprecie e se quiser usar tal jpeg pa ilustrar o seu blogue, faria muito gosto em contribuir.

Uma vez mais muito agradecido,

PedroRodrigues